Fipe eleva previsão de inflação em janeiro para 0,62%

O coordenador do Índice de Preços ao Consumidor (IPC) da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), Paulo Picchetti, alterou sua estimativa para o índice de janeiro, de 0,60% para 0,62%.A mudança foi justificada em função da diferença entre a queda das expectativas em relação ao aumento de custos de educação e os aumentos de trem e metrô em São Paulo determinados pelo governo do Estado no dia 16. "Esperávamos que educação subiria 10% neste mês, contudo os aumentos de mensalidades nas duas primeiras semanas indicam que a elevação será menor do que o previsto e ficará em 7%", disse Picchetti.Por outro lado, acrescentou, houve o reajuste do setor de transportes que terá impacto total de 0,18 ponto porcentual no Índice, sendo 0,09 ponto porcentual em janeiro e 0,09 ponto porcentual em fevereiro.

Agencia Estado,

19 de janeiro de 2005 | 12h41

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.