Fipe eleva projeção do IPC de 2007 de 3,5% para 3,7%

A Fipe modificou para cima nesta segunda-feira, 5, a projeção para inflação de 2007 na capital paulista. De acordo com o coordenador do IPC-Fipe, Márcio Nakane, o índice deverá encerrar o ano com alta de 3,7% contra uma estimativa anterior de 3,5%. Segundo Nakane, a alteração foi feita porque a inflação de fevereiro, de 0,33%, ficou acima da previsão, de 0,20%, feita por ele. Em janeiro, o IPC-Fipe havia subido 0,66%.O coordenador explicou que a diferença entre a estimativa e o resultado efetivo, de 0,13 ponto porcentual, foi levada em conta para o cálculo da projeção anual. Mesmo com esta modificação, a previsão ainda está abaixo da verificada no relatório Focus do Banco Central (BC), no qual instituições do mercado financeiro esperam alta de 3,83% para o índice da Fipe.No primeiro bimestre de 2007, a inflação em São Paulo acumulou alta de 1%. Nos últimos doze meses, encerrados em fevereiro, subiu 3,08%.Nakane ressaltou que a grande incógnita para inflação do ano será o câmbio, que vem contribuindo para um número mais confortável do custo de vida neste início de 2007. De acordo com ele, as turbulências recentes do mercado internacional criam um pouco de incerteza para os efeitos do dólar no Brasil, mas haverá uma "clareza maior" sobre este fator apenas a partir de abril. "Esta nova estimativa foi feita sem qualquer efeito incorporado do dólar", destacou.Para o mês de março, Nakane disse que espera que a inflação tenha comportamento muito parecido com o de fevereiro. Por isso, o coordenador afirmou que trabalha com uma previsão de 0,30%. "A inflação não deve apresentar grandes mudanças em relação ao mês passado. Assim, a previsão inicial para o IPC-Fipe de março é de 0,30%", explicou.

Agencia Estado,

05 de março de 2007 | 15h17

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.