Fipe eleva projeção do IPC de abril para 0,47%

O coordenador da Pesquisa de Preços da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), Márcio Nakane, elevou hoje a sua projeção para o Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que mede a inflação na cidade de São Paulo, de abril em 0,03 ponto porcentual, de 0,44% para 0,47%. Entre os vários motivos que o levou a revisar para cima sua expectativa, está a aceleração do índice, que na passagem da primeira para a segunda prévia de abril subiu de 0,38% para 0,43%. Para o ano, no entanto, o coordenador da Fipe manteve a previsão de uma alta de 4,10%.Na esteira da elevação da projeção para o IPC-Fipe de abril, Nakane também mexeu nas suas projeções para os grupos. O grupo Habitação teve a expectativa para abril mantida em 0,52%. Para a Alimentação, o coordenador elevou de 0,50% para 0,60% a inflação. Para o segmento de Transportes, o coordenador manteve a projeção em 0,19%, e elevou ligeiramente a projeção para o grupo Despesas Pessoais para 0,32% ante 0,31%. O maior aumento de projeção foi o dado ao grupo Saúde, de 0,65% para 0,75%, equivalente a uma aceleração prevista de 0,10 ponto porcentual.Nakane também ajustou para cima sua expectativa de inflação para o grupo Vestuário, de 0,70% para 0,75%. No caso do grupo Educação, o movimento foi de redução, ainda que pequena, de 0,09% para 0,08%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.