Fipe eleva projeção do IPC de março para 0,23%

O coordenador do Índice de Preços ao Consumidor (IPC), Márcio Nakane, da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), elevou hoje, de 0,20% para 0,23%, a previsão de inflação na capital paulista para o mês de março. Apesar da pequena modificação, ele avaliou que o indicador continua em um patamar bastante "comportado", sem causar preocupações com a inflação no município.Pela manhã, a instituição divulgou que o IPC variou 0,23% na segunda prévia de março. O resultou ficou dentro do intervalo de expectativas do mercado financeiro, de alta de 0,18% a 0,25%, e representou uma leve aceleração de alta ante a variação de 0,22% da primeira leitura do mês. "Estamos em um nível praticamente estável, do ponto de vista do índice geral", disse Nakane.De acordo com ele, a projeção para o mês foi revisada basicamente por conta de modificações nas expectativas para os três grupos mais importantes que compõem o IPC: Habitação, cuja previsão do mês passou de 0,33% para 0,41%; Alimentação, que deve ter variação zero para o grupo no fechamento de março ante a previsão de queda de 0,23%. Para o grupo Transportes, Nakane reduziu a projeção para o mês, de alta de 0,50% para uma variação de 0,18%. De acordo com ele, o impacto no IPC, cada vez menos expressivo, que está sendo observado nas tarifas de transporte coletivo deverá gerar ao grupo uma variação que representará a metade da que foi observada na segunda quadrissemana do mês (0,36%).2008Quanto ao IPC do final de 2008, o coordenador manteve a projeção de 4% para a inflação acumulada na capital paulista. No período acumulado dos últimos 12 meses até a segunda quinzena de março, o indicador da Fipe acumula alta de 4,07%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.