finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Fipe: inflação de serviços recua para 0,44% na 3ª prévia

A inflação de serviços na cidade de São Paulo, medida pelo Índice Geral de Serviços (IGS), mostrou importante recuo, de 0,54% para 0,44%, entre a segunda e a terceira quadrissemanas de março, informou nesta quarta-feira, 26, a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe). "O único item de serviços realmente alto é passagem aérea. Temos desaceleração de energia elétrica, viagem/excursão em queda, contratos de assistência médica em alta moderada e educação desacelerando também. Há várias contribuições de alívio", explicou o coordenador do IGS, Rafael Costa Lima.

DENISE ABARCA, Agencia Estado

26 de março de 2014 | 18h38

Entre os grupos que compõem o IGS, Habitação avançou 0,34%; Alimentação, 0,85%; Transporte, 0,51%; Despesas Pessoais, 0,79%; Saúde, 0,47%; e Educação, 0,06%.

O desempenho dos serviços continuou bastante descolado da tendência da inflação geral. Enquanto o IGS passou de 0,54% para 0,44%, o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) saiu de 0,68% na segunda quadrissemana de março para 0,76% na terceira prévia do mês. Isso porque as principais forças de alta do IPC, que são alimentos e combustíveis, não estão na cesta do IGS.

Copa

Quando perguntado sobre quais são os itens mais suscetíveis às pressões inflacionárias em razão da realização da Copa do Mundo no Brasil, entre junho e julho, Costa Lima não titubeou ao responder: passagens aéreas. "A Copa vai puxar ainda mais os preços das passagens", disse. No IPC da terceira quadrissemana de março, as passagens aéreas avançaram 4,89%, figurando no ranking das maiores influências de alta do IPC de 0,76%. E, na avaliação da Fipe, continuarão pressionadas nos próximos meses.

As tarifas de avião devem ser um dos preços mais afetados durante o período de realização do Mundial, mas Costa Lima afirmou que todos os preços de serviços relacionados ao turismo tendem a subir, como diárias de hotéis, pacotes de viagens e alimentação fora do domicílio, principalmente nas cidades que receberão os jogos.

Questionado sobre se o evento também não puxaria para cima os preços de aparelhos eletroeletrônicos, principalmente televisores, Costa Lima explicou que há uma certa dificuldade em se mensurar a inflação destes produtos em períodos como este. "Nesta época, há muitos lançamentos de televisores, o que torna difícil a comparação de preços entre os modelos. Mas os preços dos modelos já existentes tendem a cair", disse, acrescentando que esta queda reflete a transferência de demanda para os modelos novos.

Tudo o que sabemos sobre:
IPCFipeserviços

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.