Fipe mantém previsão de 0,40% para inflação em fevereiro

O coordenador da pesquisa de preços da Fipe, Paulo Picchetti, manteve a previsão de inflação para fevereiro em 0,40%. De acordo com ele, a desaceleração dos preços no varejo para 0,46% na primeira quadrissemana de fevereiro, contra uma alta de 0,65% no fechamento de janeiro, está dentro da trajetória que leva a inflação para o cumprimento da meta de 5,5% no ano, pelo IPCA. "A tendência é de desaceleração da inflação nos próximos meses", disse.Segundo o economista, o comportamento da inflação na cidade de São Paulo deixa claro que havia uma concentração de aumentos sobre um número pequeno de produtos. Para ele, os índices de disseminação e persistência da trajetória de alta dos preços são muito pequenos. O economista recorreu também à queda de 0,09% registrada pelo IPA na primeira prévia do IGP-M para sustentar sua tese de que o repique da inflação nesse começo de ano é sazonal e pontual.O coordenador da Fipe destacou também que o núcleo do IPC-Fipe (que não conta os efeitos do período) permaneceu praticamente estável na primeira quadrissemana de fevereiro, em 0,24%. Nas duas primeiras quadrissemanas deste ano o núcleo ficou em 0,23%, passando para 0,25% nas duas últimas quadrissemanas do mês passado. "O núcleo do IPC-Fipe converge para a meta de inflação do ano", afirmou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.