Fipe mantém previsão de inflação em 0,20% em julho

A Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) manteve a projeção para a inflação na capital paulista para julho. Segundo o coordenador do Índice de Preços ao Consumidor (IPC), Paulo Picchetti, o índice deverá encerrar o mês com alta de 0,20%, conforme ele já vinha adiantando desde o encerramento de junho.Hoje a Fipe divulgou que a cidade de São Paulo voltou a registrar inflação na segunda quadrissemana de julho, quando o Índice de Preços ao Consumidor (IPC), medido pela Fundação Instituto de Pesquisa Econômica (Fipe), ficou em 0,02%. Na quadrissemana anterior, o indicador havia registrado deflação de 0,19%.O resultado ficou acima das expectativas de 12 analistas ouvidos pela Agência Estado, que apostavam em uma deflação entre 0,13% e 0,03%. Apesar disso, Picchetti considerou o resultado em linha com o que ele já havia projetado. "O número confirma o que estávamos esperando para o mês e não representou surpresas", comentou.As previsões para o mês do coordenador da Fipe levam em conta a retomada de preços dos grupos Alimentação e Transportes. Na segunda quadrissemana de julho, o primeiro grupo passou de uma queda de -1,11% para uma baixa de 0,40%, o que representou importante desaceleração. Já o grupo Transportes, saiu de uma variação negativa de 0,02% para uma alta de 0,16%.Para o encerramento de 2006, Picchetti manteve também a estimativa de 2,5% para a inflação na cidade de São Paulo. De acordo com ele, não houve nenhum fator de destaque que provocasse mudança nesta previsão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.