Fipe mantém previsão do IPC de 1% em fevereiro

Na contramão de grande parte do mercado financeiro, que tem aumentado a expectativa de inflação para este ano, a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) manteve hoje sua previsão de inflação. Segundo o coordenador da Pesquisa de Preços da Fipe, Heron do Carmo, o IPC deve encerrar fevereiro em 1% e deve fechar o ano em 7%.Ele explicou que da taxa de 2,23% de variação dos preços ao consumidor na cidade de São Paulo na primeira quadrissemana de fevereiro - período de 30 dias encerrado no último dia 7 - 1,54 ponto porcentual veio da contribuição dada pelos grupos Transportes, com alta de 7,70%, e Educação (6,52%). "São pressões que se concentraram sobre dois grupos cuja influência deverá sair do índice já a partir da terceira quadrissemana de fevereiro", afirmou.Heron acredita que na segunda prévia do IPC-Fipe, a ser divulgada na próxima quarta-feira, a inflação ainda deva se mostrar elevada porque o efeito ônibus atingirá seu pico, saindo da composição do índice só a partir da penúltima prévia do mês. Heron prevê que na segunda quadrissemana a inflação deva fechar entre 2,10% e 2,20%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.