Fipe: preços mais estáveis

Um estudo realizado pela primeira vez pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) com base no Índice de Preços ao Consumidor (IPC) mostra que os preços de 285 dos 506 itens avaliados, ou 56% do total, oscilaram num intervalo de alta ou queda de até 1%. O coordenador do IPC da Fipe, Heron do Carmo, explica que esse resultado reforça a tendência de estabilidade da inflação de modo geral. Entre os 285 itens de menor variação, 101 oscilaram de -0,50% a zero. Desse total, 81 itens registram aumento de até 0,50%, 59 subiram de 0,50% a 1% e os outros 44 caíram entre 0,50% e 1%.A pesquisa mostra um resultado favorável de baixas oscilações para o preço dos produtos. Isso porque não é obtido pelo efeito do cálculo pela média - a queda de um produto compensa a alta de outro. Entre os itens observados, apenas hortifrutigranjeiros e vestuário, produtos com forte mudança sazonal - que sofrem influência de acordo com a época do ano - de preço, tiveram oscilações maiores.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.