Fipe prevê IPC mais alto em SP

A Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) elevou, ontem, de 0,13% para 0,20% a projeção do Índice de Preços ao Consumidor (IPC) na cidade de São Paulo em março. Segundo o coordenador do IPC, Márcio Nakane, a causa foi uma revisão na queda de preços aguardada nos alimentos, de 0,67% para 0,23%. A Fipe informou que o IPC variou 0,22% na primeira quadrissemana de março (últimos 30 dias encerrados no dia 7) ante alta de 0,19% no fim de fevereiro. O responsável pela mudança foi justamente o comportamento dos preços dos alimentos, que passaram de queda de 0,15% para queda de 0,10% no período.Nakane afastou, entretanto, qualquer preocupação com os preços dos alimentos. ''Eu estava com um cenário um pouco mais otimista, mas houve uma ligeira mudança de tendência, por conta dos produtos in natura. Agora, eu continuo otimista, mas não como antes.''

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.