Fique de olho

No cenário doméstico, a atenção deve se voltar para a reunião do Conselho Monetário Nacional (CMN), que deve ratificar a meta de inflação para 2010 e estabelecer a de 2011. A expectativa é de que o centro da meta, de 4,5%, seja mantido para os próximos dois anos. A agenda doméstica também contará com a divulgação da produção industrial de maio e da balança comercial de junho. No exterior, o destaque da agenda econômica será a divulgação dos dados de emprego e desemprego de junho nos Estados Unidos. A previsão é de que tenham sido fechados 369 mil postos de trabalho. Na sexta-feira, dia 3, o mercado fecha nos Estados Unidos por conta da antecipação do Feriado de 4 de julho (Dia da Independência).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.