Firjan fechou 29,9 mil vagas em 2001

A indústria fluminense fechou 29.952 vagas de trabalho no ano passado, com queda de 5,65% no número de pessoas ocupadas ante 2000, segundo dados divulgados hoje pela Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan). As maiores quedas entre um ano e outro ocorreram nos setores de material plástico (-13,79%), vestuário e calçados (-12,24%), produtos farmacêuticos (-9,46%) e produtos alimentares (-8,69%).Segundo a chefe da assessoria de pesquisas econômicas da Firjan, Luciana Mendes de Sá, a queda no número de pessoas ocupadas no ano passado ocorreu como resultado do racionamento energético, elevação dos juros e crise argentina. "Houve redução do nível de atividade, com queda no número de ocupados", disse. Entre 1992 (início da série histórica da Firjan) e o ano passado, foram fechadas 379.453 vagas na indústria do Rio.

Agencia Estado,

14 de fevereiro de 2002 | 16h17

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.