Fiscais agropecuários em MG aprovam proposta do governo federal

Os fiscais agropecuários do Ministério da Agricultura de Minas Gerais aprovaram hoje em assembléia a proposta do governo federal para o reajuste salarial da categoria. De acordo com o presidente da Associação dos Fiscais Federais Agropecuários do Estado (Affama), Ricardo Aurélio Nascimento, os servidores consideraram positiva a proposta que prevê a correção de 20% em média nos salários, conforme o estágio da carreira em que os funcionários se encontrarem. Segundo ele, outro ponto considerado satisfatório foi o anúncio da contratação de mais 200 fiscais para todo o país. A reivindicação da Associação Nacional da Categoria era a contratação de 2 mil novos fiscais. "Este número ainda está defasado, mas pode ser aumentado ao longo dos anos", disse ele. Em Minas atuam 292 servidores que trabalham no aeroporto Internacional de Confins, região metropolitana de Belo Horizonte, em seis Estações Aduaneiras do Interior (EADI`s) e 23 regionais do Estado. "Estamos em mobilização aguardando a decisão da negociação em nível nacional", afirmou. Conforme o presidente da Affama, os fiscais estão trabalhando normalmente desde a última quarta-feira e as liberações estão em dia. Os fiscais são responsáveis pela inspeção nas indústrias de alimentos e também pela emissão de certificados para exportação e importação.

Agencia Estado,

30 Março 2004 | 15h29

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.