Fiscais agropecuários se reunirão hoje com o governo

O presidente da Associação Nacional dos Fiscais Federais Agropecuários (Anffa Sindica), Wilson Roberto de Sá, reúne-se ainda nesta terça-feira à tarde com o secretário de Relações do Trabalho do Ministério do Planejamento, Sérgio Mendonça, para dar prosseguimento à negociação salarial da categoria.

VENILSON FERREIRA, Agencia Estado

28 de agosto de 2012 | 14h46

Em assembleia geral realizada ontem os fiscais agropecuários recusaram a proposta do governo, que ofereceu "subsídio" (incorporação de gratificações e vantagens), acrescido de 5% de reajuste em janeiro de 2014 e 5% em janeiro de 2015, totalizando 10,2%.

A categoria aceita o "subsídio", mas discorda do reajuste, que ficou abaixo da proposta de 15,8% apresentada ao conjunto dos servidores. Os fiscais mantêm a greve e realizarão mais uma assembleia, caso o governo apresente uma nova proposta.

Tudo o que sabemos sobre:
greveservidoresagropecuários

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.