Fisher, do Fed, diz que juros podem subir 'mais cedo do que mais tarde'

Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Fisher, do Fed, diz que juros podem subir 'mais cedo do que mais tarde'

Banco central americano pode começar a elevar os juros em março do ano que vem

REUTERS

25 de setembro de 2014 | 07h51

O Federal Reserve, banco central dos Estados Unidos, pode começar a elevar os juros por volta da primavera de 2015 (no hemisfério norte), na ponta inicial das expectativas do mercado, afirmou nesta quinta-feira o presidente do Fed de Dallas, Richard Fisher.

"É assumido no mercado que começaremos nossa elevação das taxas de juros em algum momento entre a primavera e o verão (do hemisfério norte)", disse Fisher, membro do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc) do Fed, em conferência em Roma.

"Não vou dizer o que estamos falando internamente, isso não seria apropriado, mas talvez mais cedo do que mais tarde", completou ele.

(Reportagem de Gavin Jones e James Mackenzie)

Tudo o que sabemos sobre:
MACROEUAFED*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.