Fitch atribui classificação BBB ao Estado de São Paulo

A agência de classificação de risco Fitch Ratings atribuiu classificação inicial BBB de longo prazo em moeda estrangeira e em moeda local, com perspectiva estável, ao Estado de São Paulo. Os ratings de curto prazo em moeda estrangeira e local foram assinalados em F2 e os ratings nacionais de longo e curto prazos foram classificados em AA+(bra) e F1+(bra), respectivamente.

DANIELLE CHAVES, Agencia Estado

25 de julho de 2011 | 12h29

Em nota, a Fitch afirmou que os ratings do Estado de São Paulo refletem "sua sólida economia, desempenho orçamentário firme, melhora na margem operacional depois de ajustes fiscais durante a última década e renegociação de dívida". "Os ratings também refletem a flexibilidade financeira oferecida pelo governo federal ao permitir que São Paulo capitalize os pagamentos de juros devidos ao governo federal", disse a agência.

No entanto, observou a Fitch, São Paulo apresenta um alto ônus da dívida que inclui não apenas o passivo com instituições financeiras, mas também as obrigações com o governo federal. "O Estado também enfrenta potenciais pressões relacionadas a responsabilidades cruciais, como saúde, educação e previdência", acrescentou a Fitch, na primeira vez em que classifica o Estado. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
riscoclassificaçãoratingSPFitch

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.