Fitch confirma nota dos EUA e retira alerta negativo

Tolerância à dívida e capacidade de financiamento por meio de emissão de moeda são decisivos, diz a agência

Reuters,

21 de março de 2014 | 11h02

A Fitch Ratings informou nesta sexta-feira que confirmou o rating de crédito dos Estados Unidos em "AAA" com perspectiva estável, removendo o alerta negativo do país.

A ação resolve o alerta negativo dado à classificação do país em outubro do ano passado, disse a agência.

A Fitch destacou que os EUA têm uma tolerância maior à dívida do que outros países classificados como triplo A devido à flexibilidade de financiamento sem paralelos por ser o emissor da moeda de reserva e ativo referencial de renda fixa do mundo.

Ela também destacou que a crise do teto da dívida do ano passado não afetou de forma negativa os yields dos títulos norte-americanos nem reduziu as carteiras estrangeiras de Treasuries.

"Portanto a Fitch não acredita que o papel do dólar norte-amerino, a flexibilidade de financiamento soberano ou a tolerância à dívida foi afetada de forma material", disse a Fitch. "Uma forte consolidação fiscal foi alcançada", completou.

(Reportagem de Wayne Cole)

Tudo o que sabemos sobre:
eua. fitch

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.