Fitch eleva classificação de bancos e seguradora brasileiros

A agência de classificação de risco Fitch Ratings elevou as classificações da dívida de longo prazo em moeda estrangeira e em moeda local de vários bancos brasileiros, todos eles com perspectiva estável. A agência também elevou o rating (nota) de vigor financeiro da Bradesco Seguros de B para B+, com perspectiva estável. Foram elevados de B para B+ os ratings do Banco BCN, do Banco Bradesco, do Banco do Brasil, do Banespa, do Banco Itaú, do Banco Itaú Holding Financeira, do Banco Safra, do Banco Santander Brasil e do Banco Santander Meridional (todos com perspectiva estável). O rating do Banco Santos foi mantido inalterado em B, com perspectiva revisada de positiva para estável; o rating do Banco Votorantim foi mantido inalterado em B+, com perspectiva estável; e o rating do Unibanco foi mantido em B+, com perspectiva estável. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.