Fitch rebaixa rating de 7 bancos italianos e mantém perspectiva negativa

Rebaixamento, segundo a agência, faz parte da revisão periódica de nove grupos de bancos  

Patrícia Braga, da Agência Estado,

28 de agosto de 2012 | 15h06

LONDRES - A agência de classificação de risco Fitch anunciou nesta tarça-feira, 28, o rebaixamento no rating de crédito de sete bancos italianos e manteve a perspectiva negativa. O rebaixamento, segundo a agência, faz parte da revisão periódica de nove grupos de bancos.

São eles a Banca Popolare di Sondrio (BPSondrio) e o Banco di Desio e della Brianza (BDB) de 'A-' para 'BBB+', a Banca Popolare di Milano (BPMilano) de 'BBB' para 'BBB-'. A Agência também rebaixou o rating de longo prazo da Banca Carige, Banca Popolare di Vicenza (BPVicenza), Credito Valtellinese (CreVal) e Veneto Banca de 'BBB' para 'BB+'. Simultaneamente, a Fitch afirmou o rating da Banca Popolare dell'Emilia Romagna (BPER) em 'BBB' e do Credito Emiliano (Credem) em 'BBB+'.

A perspectiva negativa para os bancos reflete as pressões que surgem com o momento atual desafiador no ambiente operacional, onde o acesso do financiamento no varejo se tornou mais difícil e a pressão na rentabilidade continua elevada. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Fitchitaliarating

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.