Fitch reitera BBB- da Bulgária, mas aponta risco de rebaixamento

A agência de classificação também afirmou que a pressão de rebaixamento pode se intensificar se houver deterioração das finanças públicas ou novos choques

Ligia Sanchez, da Agência Estado,

19 de agosto de 2010 | 12h28

A Fitch Ratings reiterou a classificação BBB- da Bulgária, mas alertou sobre a possibilidade de rebaixamento ao território junk, no caso de grandes fluxos de saída de capital que gerem a necessidade de um alto financiamento externo. A agência de classificação também afirmou que a pressão de rebaixamento pode se intensificar se houver deterioração das finanças públicas ou novos choques.

Segundo a Fitch, medidas políticas prudentes colocadas em ação pelo governo durante a crise de crédito ajudaram, em parte, a sustentar o país durante a crise financeira. A agência também apontou o baixo nível de dívida soberana da Bulgária, alto nível de desenvolvimento humano e a entrada na União Europeia como positivos.

Mas a economia ainda precisa sair da recessão, a qualidade dos ativos dos bancos está se deteriorando, o orçamento entrou em déficit e não está claro com que velocidade o país pode corrigir os desequilíbrios e retornar a um ritmo de crescimento sustentável, principalmente em caso de outro choque. A economia da Bulgária se contraiu 1,5% no segundo trimestre de 2010, comparado ao mesmo período do ano passado, segundo dados do governo publicados na semana passada. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
FitchBulgariacrisePIBinanciamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.