Fitch:bancos brasileiros terão bom desempenho em 2008

Os bancos brasileiros vão continuar tendo um "bom desempenho" em 2008, mas vão enfrentar um ambiente de maior concorrência, segundo avaliação da agência de classificação de risco Fitch Ratings. "Embora o crescimento econômico do Brasil possa se moderar um pouco, deve continuar próximo da média regional da América Latina, em cerca de 4%", disse a agência num relatório sobre o sistema bancário do País. "A maioria dos bancos continua projetando um crescimento nos empréstimos superior a 20% para 2008."A Fitch observou que o ritmo da queda das taxas de juros nominais será muito mais lento do que o registrado nos últimos dois anos. "O aumento da concorrência entre os bancos pode colocar uma pressão maior sobre suas margens do que a causada com a queda das taxas de juros", disse. "Pode ser mais difícil compensar essas pressões através da mudança na alocação de ativos."A agência salientou que a penetração bancária no Brasil ainda é muito pequena. "Os bancos terão o desafio de oferecer seus serviços em novos locais, enquanto ao mesmo tempo precisarão refinar a qualidade dos serviços aos seus clientes recém-conquistados", disse.A Fitch observou que o enorme crescimento na concessão de empréstimos consignados elevou o nível geral de endividamento dos consumidores. "Se isso continuar crescendo, poderá resultar numa pressão reforçada sobre outras formas de créditos não segurados", afirmou. "Gerenciar com sucesso o desafio da qualidade de ativos vai se tornar cada vez mais importante para manter os custos do crédito sob controle, e vai ser cada vez mais uma fonte de diferenciação entre os resultados dos bancos."A agência acredita que o crescimento na captação de fundos será um dos maiores desafios dos bancos brasileiros nos próximos anos, pois os financiamentos estão crescendo numa velocidade mais rápida do que a base de depósitos. "A dependência relativamente baixa nos mercados internacionais indica um potencial de crescimento positivo nessa captação de fundos", disse. "Os fatores-chave para o sistema bancário deve ser o acesso a fundos e a capacidade de controlar os custos do crédito."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.