Flextronics chama empregados de volta

A Flextronics, fabricante de equipamentos para o setor eletrônico, decidiu reduzir de 1 mil para 390 o número de funcionários que terão o contrato suspenso por cinco meses, a partir de segunda-feira, nas unidades de Sorocaba. Os outros 610 que teriam o contrato suspenso, conforme acordo firmado com o Sindicato dos Metalúrgicos da cidade, continuarão em seus postos. O diretor de Novos Projetos da empresa, Jorge Funaro, disse que a decisão foi tomada em razão de uma demanda inesperada do setor produtivo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.