Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Fluxo cambial de setembro registra entrada de US$ 1,365 bi

Apesar de positivo, o resultado total do último mês é menor que o observado nos dois primeiros dias de outubro

Fernando Nakagawa, da Agência Estado,

07 de outubro de 2009 | 13h14

O Banco Central anunciou nesta quarta-feira, 7, que o fluxo cambial de setembro registrou entrada líquida de US$ 1,365 bilhão. O resultado é inferior ao observado em agosto, de US$ 2,957 bilhões. Segundo o BC, a entrada dos recursos no mês passado foi gerada pela conta financeira, que apresentou superávit de US$ 4,590 bilhões gerado por entradas de US$ 32,186 bilhões e saídas de US$ 27,597 bilhões. O resultado financeiro foi mais que suficiente para cobrir a saída líquida de US$ 3,225 bilhões do segmento comercial. Nesse caso, foram registradas importações de US$ 13,044 bilhões e exportações de US$ 9,819 bilhões.

 

Apesar de positivo, o resultado do fluxo cambial de todo o mês de setembro é menor que o observado nos dois primeiros dias de outubro, quando ingressaram US$ 1,424 bilhão. Essa entrada resultou da contribuição positiva de US$ 1,335 bilhão da conta financeira e do superávit de US$ 89 milhões do comércio exterior. Segundo o BC, o início do mês teve entradas de US$ 3,820 bilhões e saídas de US$ 2,485 bilhões na conta financeira. No segmento comercial, as exportações somaram US$ 1,048 bilhão e as importações totalizaram US$ 959 milhões.

 

No acumulado do ano até 2 de outubro, o fluxo cambial registra entrada líquida de US$ 9,682 bilhões, sendo que o comércio exterior contribuiu com superávit de US$ 8,198 bilhões e o segmento financeiro respondeu por US$ 1,484 bilhão. Em igual período de 2008, o fluxo cambial registrava entrada de US$ 17,719 bilhões.

Tudo o que sabemos sobre:
fluxo cambialcomércio exterior

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.