Fluxo cambial é negativo em US$ 212 mi até 13 de julho

O fluxo de dólares para o Brasil mudou de tendência e voltou a ficar negativo. Dados apresentados nesta quarta-feira pelo Banco Central mostram que US$ 609 milhões deixaram o País na semana passada, entre os dias 9 e 13. Com esse movimento, o acumulado de julho - que era positivo até então - virou e passou a registrar saída líquida de US$ 212 milhões até a última sexta-feira.

FERNANDO NAKAGAWA, Agencia Estado

20 de julho de 2012 | 13h21

A saída de dólares tem ocorrido exclusivamente pela via comercial. Na segunda semana do mês, US$ 1,020 bilhão deixou o Brasil por essa via, já que as transferências para o exterior para pagar importados somou US$ 3,865 bilhões e superou a receita de US$ 2,845 bilhões obtida com a venda de produtos e serviços brasileiros a outros países. Com o resultado, o fluxo comercial do mês também mudou de sinal e passou a amargar saída líquida de US$ 1,010 bilhão nas duas semanas do mês.

Nas transações financeiras, os números seguem no azul. Na semana passada, operações de câmbio para a compra de ações e títulos de renda fixa, empréstimos, remessa de lucros e investimentos produtivos, entre outras, trouxeram US$ 412 milhões ao Brasil. O valor é resultado da entrada total de US$ 4,744 bilhões, maior que as saídas de US$ 4,332 bilhões. No acumulado do mês, há entrada líquida de US$ 798 milhões pelo fluxo financeiro.

No acumulado do ano até a última sexta, o Brasil registra entrada líquida de US$ 22,731 bilhões, sendo US$ 19,124 bilhões pela via comercial e US$ 3,607 bilhões pelo segmento financeiro.

Tudo o que sabemos sobre:
Fluxo cambialjulhoparcial

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.