Fluxo cambial reverte e está positivo em US$ 1,060 bi no mês

Entre os dias 21 e 25 de setembro, ingresso líquido na conta comercial foi de US$ 2,038 bilhões, informa o BC

Fernando Nakagawa, da Agência Estado,

30 de setembro de 2009 | 14h35

O fluxo cambial acumula ingresso líquido de US$ 1,060 bilhão em setembro até o dia 25. O dado foi divulgado nesta quarta-feira, 30, pelo Banco Central e mostra que houve reversão do movimento de câmbio no quarta semana do mês. Entre os dias 21 e 25 o fluxo cambial registrou ingresso líquido de US$ 2,038 bilhões. Nas três semanas anteriores, o indicador amargava saída de US$ 978 milhões. No acumulado do mês, a entrada foi liderada pelo segmento financeiro, que trouxe US$ 3,613 bilhões até o dia 25. Esse valor foi gerado pelas entradas que somaram US$ 25,841 bilhões e saídas de US$ 22,229 bilhões.

 

O resultado do segmento financeiro foi mais que suficiente para compensar a saída líquida de US$ 2,553 bilhões da conta comercial. Nesse caso, as importações somaram US$ 10,662 bilhões e as exportações atingiram US$ 8,109 bilhões no período. Na quarta semana do mês, o ingresso de dólares também foi liderado pelo segmento financeiro, que apresentou superávit de US$ 2,609 bilhões, gerado por entradas de US$ 9,149 bilhões e saídas de US$ 6,539 bilhões.

 

Na semana, a conta comercial aprofundou o resultado negativo com déficit de US$ 571 milhões gerado por importações de US$ 2,978 bilhões e exportações de US$ 2,408 bilhões. No acumulado do ano até o dia 25 de setembro, o fluxo cambial acumula entrada líquida de US$ 7,953 bilhões, sendo que o segmento comercial tem superávit de US$ 8,781 bilhões e o setor financeiro registra saída de US$ 828 milhões.

Tudo o que sabemos sobre:
fluxo cambialsetembro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.