Fluxo cambial tem déficit de US$ 1,234 bilhão em março

O fluxo cambial fechou o mês de março negativo em US$ 1,234 bilhão, segundo os dados disponibilizados pelo Banco Central (BC) em seu site na internet (www.bcb.gov.br). O valor é o maior desde dezembro do ano passado, quando o BC registrou um déficit cambial de US$ 1,460 bilhão. Em fevereiro, o déficit cambial havia ficado em US$ 284 milhões. A conta de não residentes (CC5) teve no mesmo mês de março um déficit de US$ 389 milhões. O valor é inferior aos US$ 392 milhões de saída líquida verificada em fevereiro. As operações de contratação de câmbio para a realização de comércio externo tiveram em março um superávit, segundo o BC, de US$ 943 milhões. Este foi o menor superávit registrado pelo BC desde março do ano passado, quando o superávit ficou em US$ 953 milhões. As contratações de câmbio para exportação feitas no mês passado somaram o equivalente US$ 4,592 bilhões e as das importações ficaram em US$ 3,650 bilhões. Nas transações financeiras, o BC registrou uma saída líquida de recursos de US$ 1,789 bilhão, sendo US$ 5,067 bilhões de entradas e US$ 6,856 bilhões de saídas brutas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.