André Dusek / Estadão
André Dusek / Estadão

Fluxo cambial de 2019 está negativo em US$ 21,904 bilhões

No mês de outubro, País fechou o mês com fluxo cambial negativo de US$ 8,494 bilhões. Em setembro, o valor foi de US$ 6,446 bilhões

Fabrício de Castro, O Estado de S.Paulo

06 de novembro de 2019 | 15h10

BRASÍLIA - O fluxo cambial de 2019 até o dia 1º de novembro está negativo em US$ 21,904 bilhões, informou o Banco Central (BC) nesta quarta, 6. No mesmo período do ano passado, o resultado era positivo em US$ 17,444 bilhões.

No acumulado do ano até 1º de outubro, a saída líquida de dólares pelo canal financeiro foi de US$ 35,560 bilhões. Esse resultado é fruto de aportes no valor de US$ 456,530 bilhões e de envios no total de US$ 492,090 bilhões. O segmento reúne investimentos estrangeiros diretos e em carteira, remessas de lucro e pagamento de juros, entre outras operações.

No comércio exterior, o saldo anual acumulado ficou positivo em US$ 13,656 bilhões, com importações de US$ 149,778 bilhões e exportações de US$ 163,435 bilhões. Nas exportações estão incluídos US$ 27,334 bilhões em Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC), US$ 45,651 bilhões em Pagamento Antecipado (PA) e US$ 90,450 bilhões em outras entradas.

Negativo em US$ 8,494 em outubro

No mês de outubro, País fechou o mês com fluxo cambial negativo de US$ 8,494 bilhões. Em setembro, o valor foi de US$  6,446 bilhões.

No canal financeiro, houve saída líquida de US$ 8,756 bilhões em outubro, que é o resultado de aportes no valor de US$ 41,069 bilhões e de retiradas no total de US$ 49,825 bilhões. 

No comércio exterior, o saldo de outubro ficou positivo em US$ 262 milhões, com importações de US$ 16,911 bilhões e exportações de US$ 17,173 bilhões - incluídos US$ 2,260 bilhões em ACC, US$ 5,421 bilhões em PA e US$ 9,491 bilhões em outras entradas.

Tudo o que sabemos sobre:
Banco Central do Brasilcâmbio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.