carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Fluxo de capital para China diminui em novembro, mas segue elevado

O BC chinês e as instituições gastaram US$ 48 bilhões para absorver o fluxo estrangeiro no mês passado 

Reuters,

20 de dezembro de 2010 | 07h24

O fluxo de capital para a China desacelerou em novembro, mas segue em um patamar relativamente alto historicamente, informou o banco central.

O BC e as instituições gastaram 319,6 bilhões de yuans (US$ 48 bilhões) para absorver o fluxo estrangeiro para o país no mês passado.

O número marca uma forte queda sobre os 519 bilhões de yuans de outubro, que foi o terceiro maior valor desde o fim da década de 1990, quando a série começou a ser publicada. (Lu Jianxin e Melanie Lee)

Tudo o que sabemos sobre:
MACROCHINAFLUXO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.