Fluxo de capital para China salta em agosto

BC e as instituições chinesas gastaram US$ 36 bilhões para absorver o fluxo de capital para o país 

Reuters,

20 de setembro de 2010 | 07h22

Dados publicados pelo Banco Central da China mostraram que o fluxo de capital para o país aumentou fortemente em agosto, atingindo o maior patamar mensal desde abril.

O BC e as instituições chinesas gastaram 243 bilhões de yuans (US$ 36 bilhões) para absorver o fluxo para a China no mês passado, acima dos 198 bilhões de yuans em julho, dos 117 bilhões de yuans em junho, e dos 132 bilhões de yuans em maio.

A China precisa de uma "estabilidade básica" em sua moeda, para contrabalançar o crescimento desacelerado das exportações e as expectativas de uma apreciação do yuan, disse uma autoridade comercial do país.

Wang Zixian, vice-diretor da agência de pesquisa do Ministério do Comércio chinês, afirmou que "uma desaceleração da taxa de expansão das exportações nos próximos meses é conhecida", segundo entrevista ao Financial News.

Ele disse que o arrefecimento vai refletir o fim de um ciclo mundial de estoque de bens.

Tudo o que sabemos sobre:
chinafluxo de capitalagosto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.