Fluxo negativo faz dólar subir 0,48%, para R$ 2,91

O saldo negativo de US$ 729 milhões de entradas e saídas de dólares em 10 dias úteis do mês de março, divulgado hoje pelo Banco Central, foi determinante para a queda da moeda norte-americana nesta quarta-feira. Após iniciar o dia estável, o dólar passou a subir firme com a informação do BC. No final do dia, a cotação fechou em alta de 0,48%, valendo R$ 2,912 As saídas de dólares não foram maiores porque o segmento comercial segue mostrando vigor. Por esse caminho, o fluxo ficou positivo em US$ 923 milhões, sendo US$ 2,826 bilhões de exportações e US$ 1,904 bilhão de contratos de câmbio para importação. Já as contas de não residentes do País (CC5) apresentaram fluxo negativo de US$ 288 milhões. No segmento financeiro, o saldo estava negativo em US$ 1,363 bilhão, com ingresso de US$ 2,678 bilhões e saída de US$ 4,041 bilhões. Em fevereiro, o fluxo cambial tinha ficado positivo em US$ 1,313 bilhão.

Agencia Estado,

17 Março 2004 | 16h35

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.