FMI: América Latina cresce a ritmo forte

O diretor do Departamento do Hemisfério Ocidental do Fundo Monetário Internacional (FMI), Anoop Singh, afirmou que a América Latina cresce em ritmo forte e passou bem pelas recentes turbulências internacionais. Na avaliação do diretor do FMI, a expansão da América Latina será robusta, mesmo que seja afetada pela provável desaceleração da economia norte-americana no próximo ano.De acordo com o FMI, a América Latina deve crescer 4,75% em 2008. A região apresenta um bom desempenho devido a fundamentos econômicos sólidos de boa parte da maioria dos países e elevado consenso na direção da estabilidade macroeconômica. Singh participa do lançamento do relatório Perspectivas Econômicas das Américas, do FMI, na sede da Fundação Getúlio Vargas (FGV), em São Paulo. O presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, também está presente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.