FMI anuncia acordo com o Uruguai

O Fundo Monetário Internacional (FMI) anunciou que chegou a um acordo com o Uruguai com base no programa econômico do país para 2003. Em nota divulgada pelo Fundo, o diretor do Departamento do Hemisfério Ocidental, Anoop Singh, disse que o programa define os traços gerais de financiamento e da área fiscal, "para abrir o caminho para uma sustentabilidade econômica no médio prazo"."O programa também avançará nas reformas bancária com o objetivo de fortalecer o sistema bancário doméstico", diz a nota. De acordo com a imprensa local, o novo programa econômico acertado com o FMI prevê um déficit fiscal ao redor de 3,1% do PIB, superávit primário de 3,2% do PIB (excluindo os custos do serviço da dívida) e inflação de 27%.Signh disse que as autoridades uruguaias estão preparando uma carta de intenções, que deverá ser concluída "nos próximos dias". Ele também disse que a diretoria do FMI vai discutir o programa do Uruguai na metade de março. "Nós estamos confiantes que o programa econômico visualizado será apoiado pela comunidade internacional e desenvolverá uma forte base para o Uruguai retomar o crescimento sustentável", disse Singh.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.