finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

FMI aprova empréstimo de US$ 2 bilhões à Islândia

Recurso será destinado a restabelecer a confiança e estabilizar a economia do país

Efe,

20 de novembro de 2008 | 03h59

O Fundo Monetário Internacional (FMI) anunciou nesta quinta-feira, 20, que aprovou um empréstimo "stand by" de US$ 2,1 bilhões para a Islândia, em apoio a um programa destinado a restabelecer a confiança e estabilizar a economia do país. Veja tambémSenado adia votação de resgate para montadoras nos EUABolsas asiáticas desabam arrastadas pela queda de Wall StreetDe olho nos sintomas da crise econômica  Lições de 29Como o mundo reage à crise  Dicionário da crise  Um comunicado do organismo divulgado em Washington indicou que a decisão significa colocar imediatamente à disposição do governo da Islândia um total de US$ 827 milhões. O restante poderá ser utilizado por esse país em oito lances de cerca de US$ 155 milhões, cada um, em uma operação que estará submissa a revisões trimestrais. O acordo representa para a Islândia um acesso excepcional aos recursos do organismo e foi aprovado como um financiamento de emergência, assinalou o comunicado. "A Islândia se encontra em uma crise bancária de proporções extraordinárias", disse John Lipsky, primeiro subdiretor executivo do FMI.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.