FMI aprova primeira revisão do crédito ao Brasil

A diretoria executiva do Fundo Monetário Internacional aprovou nesta quarta-feira a primeira revisão trimestral do acordo pelo qual o Brasil recebeu uma linha de crédito de US$ 15,2 bilhões, em setembro do ano passado, para proteger-se contra os efeitos da crise financeira argentina. Tendo endossado o relatório apresentado pela administração do Fundo, os diretores colocaram à disposição do País mais US$ 448 milhões. Até agora, o governo brasileiro sacou apenas US$ 4,6 bilhões dos US$ 15,2 bilhões concedidos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.