FMI aprova revisão do acordo com Argentina

A diretoria executiva do FMI aprovou o recente desempenho da política econômica da Argentina, o que permite a rolagem de US$ 320 milhões em pagamentos devidos pelo país sul-americano ao Fundo. A decisão marca a conclusão da segunda revisão de contas da Argentina sob o acordo de crédito de sete meses acertado com o FMI. O acordo, assinado em janeiro, permitiu a prorrogação de um total de US$ 3,1 bilhões em pagamentos previstos ao FMI durante esse períoso. Uma nota com os detalhes da segunda revisão será divulgada ainda hoje, informou o FMI.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.