FMI aprova US$ 12,5 bilhões para Argentina

O conselho de diretores do Fundo Monetário Internacional (FMI) aprovou hoje a concessão de um crédito de US$ 12,5 bilhões a Argentina. Com isso, o país poderá nos próximos três anos honrar as suas dívidas com o organismo multilateral. O total da dívida da argentina com organismos multilaterais é de US$ 21 bilhões, que deverá ser também refinanciada nos próximos três anos.Houve abstenções entre os 24 diretores do FMI que avaliaram a questão. Alguns deles, observaram que o acordo não é suficientemente rigoroso. Membros da equipe econômica argentina afirmaram que o plano de reestruturação da dívida do país com o setor privado deverá ser revelado na próxima segunda-feira, durante a reunião anual do FMI e Banco Mundial, em Dubai.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.