FMI considera expressivos os avanços realizados pelo Brasil

O Fundo Monetário Internacional (FMI) divulgou hoje uma declaração do diretor-gerente do organismo, Rodrigo Rato, após encontro com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Na declaração, Rato faz elogios aos avanços realizados pelo governo brasileiro e reafirma o apoio do Fundo ao País."O FMI mantém-se decidido a oferecer apoio e capacidade técnica ao Brasil para ajudar a desenvolver um vasto potencial econômico do País e melhorar o padrão de vida da população, especialmente das camadas mais desprotegidas da sociedade", afirma Rato. Segundo ele, o governo do presidente Lula vem mantendo políticas macroeconômicas coerentes e formulou uma pauta ambiciosa de reformas estruturais."Essas políticas corajosas renderam frutos. As vulnerabilidades do Brasil foram reduzidas e a crescente capacidade de resistência da economia ajudou a proteger o País das turbulências recentes do mercado mundial", afirmou. Para Rodrigo Rato, os avanços realizados pelo governo brasileiro são bastante expressivos.Apoio reafirmadoEle destacou que o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro é sólido, beneficiando-se do forte desempenho das exportações, da retomada da demanda interna e da elevação dos salários e dos níveis de emprego.Rato também afirma na declaração que o Fundo apóia o empenho do governo em fortalecer os programas sociais, que estão contribuindo para garantir a todos os brasileiros os benefícios da melhoria da conjuntura econômica. De acordo com ele, o programa do FMI com o Brasil está se desenvolvendo conforme as expectativas e o Conselho de Administração do organismo concluirá a oitava avaliação até o fim deste mês.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.