FMI e Paraguai anunciam acordo de crédito de US$ 200 mi

O governo do Paraguai e o FMI chegaram a um acordo para um programa de crédito de contingência de 15 meses, no valor de US$ 200 milhões, depois de quatro semanas de negociações. O anúncio foi feito no Congresso paraguaio pelo diretor de Hemisfério Ocidental do FMI, Thomas Reichmann. Ele disse que levará o acordo a Washington, para aprovação final pela diretoria do Fundo. "Se tudo der certo, o empréstimo estará pronto no fim de agosto", disse Reichmann. Já o ministro da Economia do Paraguai, James Spalding, disse que o governo do país concordou em promover reformas econômicas para assegurar os créditos. Na próxima semana, o Congresso paraguaio vai votar duas leis, uma visando melhorar a posição fiscal do país e outra, para fortalecer o sistema bancário.

Agencia Estado,

26 de julho de 2002 | 18h36

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.