FMI eleva previsão de crescimento dos EUA

O Fundo Monetário Internacional (FMI) revisou para cima sua projeção de crescimento da economia dos EUA para 2,4% em 2003 e para 3,7% em 2004, informa o site do Financial Times. Citando trechos divulgados do relatório sobre perspectiva econômica do FMI, que será divulgado em Dubai em setembro, o FT informa ainda que o Fundo rebaixou sua previsão de crescimento da economia da zona do euro para 0,5% em 2003. O FMI estima que o crescimento global será de 3,2% em 2003 e de 4% em 2004, segundo o FT. Além das projeções de crescimento, o relatório do Fundo exorta os países asiáticos, com exceção do Japão, a permitirem a elevação de suas respectivas taxas cambiais, dizendo que o acúmulo de dólares tem sido excessivo, disse o FT. Os EUA continuarão sendo o principal motor de crescimento da economia global, mas precisam de um plano para controlar seu crescente déficit orçamentário, diz relatório. O FMI alerta que, embora o estímulo fiscal tenha ajudado a manter os EUA e a economia global funcionando, não há uma estratégia para recompor as finanças públicas no médio prazo. No seu mais recente estudo, o FMI intensifica os alertas de que os cortes nos impostos e os gastos públicos nos EUA irão criar um déficit estrutural, diz o FT. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.