coluna

Louise Barsi explica como viver de dividendos seguindo o Jeito Barsi de investir

FMI "endeusou" conversibilidade falida, diz Duhalde

O presidente da Argentina, Eduardo Duhalde, acusou o Fundo Monetário Internacional de ter uma parte de responsabilidade na crise que afeta a Argentina. Segundo ele, o organismo "endeusou" o falido sistema da conversibilidade. Duhalde disse que "durante 12 anos este mesmo staff (FMI) tem se equivocado com a Argentina". "Os diretores do FMI buscarão bodes expiatórios, dirão que são os governadores, que é a corrupção, mas em realidade foram estas políticas econômicas equivocadas que nos levaram à esta situação", afirmou o presidente em entrevista à rádio InfoRed, do México. O presidente disse ainda que "não houve capacidade de darmos conta de que tínhamos que ter saído (do modelo), endeusaram a conversibilidade e este endeusamento teve seu altar principal no Fundo Monetário Internacional", disse Duhalde ao jornal Ámbito Financiero.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.