FMI espera que expansão da China em 2015 fique 'bem acima' de 7%

Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

FMI espera que expansão da China em 2015 fique 'bem acima' de 7%

A organização projeta crescimento de 7,4% para a economia chinesa em 2014

REUTERS

24 de setembro de 2014 | 07h29

O crescimento econômico da China deverá ficar "bem acima" de 7 por cento no próximo ano, de acordo com o Fundo Monetário Internacional (FMI) nesta quarta-feira.

O diretor do departamento de Ásia e Pacífico do FMI, Changyong Rhee, afirmou a repórteres que as estimativas oficiais de crescimento para a China serão divulgadas em outubro.

O FMI atualmente tem uma projeção de expansão de 7,4 por cento para a China neste ano.

(Reportagem de Karen Lema)

Tudo o que sabemos sobre:
MACROCHINAFMI*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.