FMI formalizará oferta de swap cambial feita pelo BC, diz Fraga

O presidente do Banco Central, Armínio Fraga, esclareceu que o Fundo Monetário Internacional (FMI) formalizará hoje, após a reunião do board que está sendo realizada em Washington, a permissão para a oferta de swap cambial pelo BC brasileiro. De acordo com Fraga, não haverá mudanças no memorando de entendimento com o Fundo no sentido de se permitirem outras operações neste momento no mercado de futuros ou a termo nas intervenções do BC no mercado. "Havia algumas dúvidas sobre a forma da operação, e achamos que isto deveria ser apresentado com clareza ao Fundo, que já nos respondeu positivamente sobre o tema", afirmou Fraga. Ele lembrou que essa consulta se deve ao fato de que o instrumento é muito parecido com a intervenção no mercado futuro ou a termo de câmbio.Fraga reafirmou que o uso desse novo instrumento ficará focado às rolagens de vencimentos de papéis cambiais, e também não afetará o tamanho da dívida pública e tampouco ao passivo cambial do governo. Ao ser indagado se o BC poderia fazer outros usos desse mecanismo, além do swap cambial, Fraga respondeu que neste momento o BC fará rolagem das cambiais "sem prejuízo, se julgarmos oportuno, de no futuro fazer mais ou menos".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.