FMI libera mais US$ 3 bilhões para o Brasil

A diretoria executiva do Fundo Monetário Internacional deverá anunciar no final da tarde de hoje, a aprovação da segunda Revisão do Acordo que resultou na concessão de US$ 15 bilhões, em setembro de 2001, para o Brasil. Com isso, o fundo vai colocar à disposição do País mais de US$ 3 bilhões da linha de crédito, da qual o Brasil já sacou US$ 4 bilhões. Em janeiro passado, o FMI colocou US$ 450 milhões a mais para o Brasil, que não foi utilizado. O Brasil não deverá usar os US$ 3 bilhões liberados agora. O Brasil ficará com crédito de US$ 4 bilhões junto ao FMI.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.