FMI libera US$ 701 milhões para a Turquia

O FMI anunciou nesta sexta-feira a liberação de US$ 701 milhões para a Turquia. Essa parcela faz parte de um acordo aprovado em fevereiro de 2002 pelo Fundo, que prevê uma linha de crédito de US$ 18 bilhões para ajudar o país a enfrentar uma grave recessão, provocada por duas crises financeiras.Até o momento a Turquia já retirou US$ 14 bilhões dessa linha de crédito. Em 6 de abril, ao assinar uma carta de intenções com o FMI, o ministro de Economia turco, Ali Babacan, disse que o país espera receber empréstimos de US$ 5,2 bilhões do FMI e do Banco Mundial, até o fim de 2004.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.