FMI mantém previsão de US$ 1 tri de perdas com crise

Apesar dos novos problemas no setor bancário, Fundo não acredita que prejuízos aumentarão

Reuters,

16 de julho de 2008 | 07h34

O Fundo Monetário Internacional (FMI) mantém sua avaliação de que as perdas dos ativos norte-americanos geradas pela crise imobiliária serão de cerca de US$ 1 trilhão, apesar dos novos problemas surgidos recentemente no setor bancário, disse uma autoridade sênior do organismo nesta quarta-feira, 16.  Veja também:Economia dos EUA ainda enfrenta várias dificuldades, diz FedBush reafirma que fundamentos da economia são sólidosCronologia da crise financeira As grandes crises econômicas Entenda os efeitos da crise nos Estados Unidos "Basicamente, acreditamos que esse seja um dado razoável e não estamos revisando nosso número todo dia", afirmou Jaime Caruana, diretor do departamento de mercados financeiros e de capital do FMI, a jornalistas. Pouco antes, ele disse ao Parlamento Europeu que o sistema financeiro pode ter mais dificuldades em ampliar o crédito que a economia precisa para crescer.

Tudo o que sabemos sobre:
FMIcrise nos EUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.