FMI não deve dizer a Lula o que fazer, diz ministro

O ministro do Planejamento, Guido Mantega, disse hoje que ?o FMI não deve dizer ao presidente Lula o que ele tem de fazer?. A declaração foi uma resposta à afirmação do diretor-gerente do Fundo, Horst Köhler, de que o presidente não deveria levar adiante planos supostamente existentes em seu governo de negociar um abrandamento nas relações com o FMI e eventual redução na meta do superávit primário, hoje em 4,25% do PIB. O ministro esteve reunido com autoridades do Peru que acompanham o presidente do país, Alejandro Toledo, em visita ao Brasil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.