FMI pede que governos cuidem de inflação durante crise

O Fundo Monetário Internacional (FMI) apelou hoje aos governos que observem os índices de inflação ao lidarem com a crise financeira global. Após um dia de reunião em Washington, o comitê do FMI disse que a cooperação entre os países se faz necessária em meio aos desafios enfrentados pela economia mundial.Em comunicado, o FMI disse que seu comitê está reunido "em uma época de incertezas incomuns que cercam a perspectiva global e dos mercados financeiros". Reformas no FMI, que tem 185 países-membros, "auxiliarão no papel do Fundo de promover a estabilidade financeira e a cooperação monetária internacional", afirmou o comunicado.Nos países avançados, disse o FMI, a política monetária deve continuar mirando a estabilidade dos preços nos próximos meses. O FMI disse ainda que os países emergentes e em desenvolvimento têm se mostrado resistentes à crise financeira, mas enfrentam fortes elevações nos preços de alimentos e energia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.