FMI prevê êxito na última revisão do acordo com Brasil

O chefe da missão do FMI, Jorge Marquez-Ruarte, disse hoje, ao deixar o Banco Central depois de participar de reunião com o presidente, Henrique Meirelles, que a quinta e última revisão do acordo com o Fundo será um êxito. "Como vemos as coisas, a quinta revisão vai ser exitosa. Não haverá problemas", afirmou.Se esta possibilidade se confirmar, o Brasil terá direito de sacar mais US$ 8 bilhões do Fundo. Perguntado se esses US$ 8 bilhões poderiam ser usados no novo acordo que está sendo negociado, Ruarte disse que caberá ao Brasil decidir que uso fará desses recursos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.