FMI reduz previsão de crescimento mundial em 2009 a 3%

Em sua pior previsão em anos, o Fundo Monetário Internacional (FMI) disse nesta quarta-feira que a economia mundial está em uma grande desaceleração, com os Estados Unidos e a Europa já em recessão ou próximos dela. "A economia mundial está agora entrando em uma forte desaceleração diante do mais perigoso choque dos mercados financeiros maduros desde a década de 1930", disse o FMI em seu relatório Perspectivas Econômicas Mundiais. O FMI disse que políticas econômicas e regulatórias negligentes provavelmente permitiram que a economia global "excedesse seu limite de velocidade". Além disso, falhas nos mercados e de políticas permitiram que o estresse se aprofundasse. Agora, a economia paga o preço. O FMI reduziu sua previsão para o crescimento econômico mundial em 2009 para 3 por cento --o menor nível em sete anos--, ante a estimativa de 3,9 por cento feita em julho e alertou que a recuperação será atipicamente lenta. Neste ano, o crescimento deve ser de 3,9 por cento, abaixo do prognóstico anterior de 4,1 por cento. (Por Lesley Wroughton)

REUTERS

08 Outubro 2008 | 10h26

Mais conteúdo sobre:
MACRO FMI MUNDIAL*

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.