FMI reduz projeções de crescimento para zona do euro

O Fundo Monetário Internacional (FMI) reduziu sua estimativa de crescimento econômico para a zona do euro. O Fundo espera que o PIB da região cresça 0,7% em 2002 e 2% em 2003. Há cinco semanas, o FMI havia estimado um crescimento de 0,9% para o PIB este ano e de 2,3% em 2003. O Fundo espera que a recuperação seja gradual e que os indicadores continuem apontando baixo crescimento num curto prazo."Entretanto, riscos consideráveis de queda permanecem, incluindo os relacionados ao frágil ambiente externo e ao impacto da recente turbulência nos mercados financeiros", informou o FMI, em resumo de sua revisão anual das políticas monetária e comercial da região do euro divulgado à imprensa.O Fundo sugeriu que o Banco Central Europeu está preparado para reduzir as taxas de juros, caso os riscos de queda do PIB se concretizem. "Diante da predominância e do aumento recente dos riscos de desaceleração, eles consideram que uma tendência clara de aliviar mais a política monetária seria apropriada", disse o Fundo. Alguns diretores do FMI exortaram o BCE para que promova o corte dos juros.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.